19 de set de 2012

Eu AMO o ARTESANATO!


Quando eu comecei a artesanar, eu era criança... Quando a paixão pelo artesanato se materializou, eu não parei mais com as minhas mãos... Quando eu conheci a Internet e ela me deu "amigos" artesãos, fiquei encantada com a perspectiva de compartilhar com outras pessoas as minhas paixões...

Foi aí que eu descobri que o artesanato é um mundo cão... E que as palavras que meu primeiro "chefe" me dizia são verdadeiras: duas mulheres juntas são um motim... Na maioria das vezes, uma contra outra...

Quando eu comecei a trabalhar com blogs, fiquei  ASSUSTADA com o meio artesanal... Você passa a conhecer mais pessoas que trabalham com o ramo e aí fica entre a "cruz" e a "caldeirinha"... Fulana cliente A não gosta de fulana cliente "B", então não pode ter link de uma outra ou fazer referência a esse ou aquele trabalho... Mulher junta num mesmo balaio, motim na certa!!!

Muitas das artesãs de renome hoje em dia já foram minhas clientes e eu tive o privilégio de vê-las crescer e fazer parte desse crescimento, nem que seja só por um blog, que depois foi substituído por um site, uma loja virtual, um sistema mais profissional... MUITAS delas MESMO!

Não trabalho mais com os blogs, mas continuo meu artesanato. Pinto, bordo, costuro. Vendo o que produzo, aceito encomendas. Tenho sim o sonho de fazer o meu artesanato virar fonte de renda, negócio, empresa. E qual artesã não tem? Por isso mesmo criei uma marca, comecei a desenvolver uma linha de produtos, estamos nos "profissionalizando" e, movidas por esse desejo, eu e minha mãe, visitamos inúmeros blogs, para ter ideias, conceitos e conselhos de todas as espécies. Esse é um mercado amplo e minhas clientes já me provaram que existe espaço pra todo mundo.
Esse mundo artesanal que existe nos blogs de produtos e decoração é um mundo mágico e neles encontramos de tudo um pouco. Empresárias bem sucedidas, mulheres batalhadoras, que complementam sua renda com a arte, pessoas que já passaram por muitas coisas em suas vidas...

Tem algumas histórias que mexem com a gente e eu me afeiçoo a essas guerreiras artesãs. Sou quietinha nesse momento (raro, né?), não comento, não me mostro. Fico observando, acompanhando, torcendo.
Hoje eu vi uma coisa que me deixou infinitamente triste.
Uma "menina" guerreira, que transformou sua vida em uma história de sucesso, construída a cada dia com a ajuda dos amigos de bom coração e com sua gana de aprender e vencer, tinha um sonho. Impulsionada pelas amigas, seguiu adiante, com fé e força, acreditando na possibilidade de torná-lo realidade. De repente, esse sonho foi "usurpado" da menina, arrancado de seu coração, por tecnicalidades que até então não existiam... Certo? Errado? Ético? Profissional? Não vem ao caso...
O que me deixou infinitamente triste é que todas as pessoas envolvidas no processo deveriam ter um objetivo em comum, o AMOR à costura, ao ARTESANATO! E onde ele foi colocado??? Sob todos os tapetes da falta de educação, de profissionalismo, de ética, de entendimento humano, de gentileza.

Fico mesmo muito arrasada... A começar pelo objetivo desse concurso, que pra mim foi incrivelmente articulado... Uma artesã de sucesso, empresária conhecida em outros países, e duas grandes marcas de produtos, renomadas no mercado do artesanato em tecido e da confecção, se aliam e juntas promovem uma propaganda mútua, premiando artesãs com o produto de cada uma. Quer maior propaganda? Agora, depois do ocorrido, imagina-las envolvidas nesse tipo de coisa é lamentável. A exposição da artesã por si só, uma vez que o "objeto" do concurso tem sua marca em destaque seria extremamente positiva, marketing viral e gratuito percorrendo insanamente as redes sociais, se não estivesse agora "maculada".
Uma faca de dois gumes, uma atitude certamente não avaliada..
A mudança de regras no meio de uma brincadeira de criança nunca foi tolerada. Se você é o dono da bola, sempre puxa a sardinha pro seu lado no caso de estar perdendo, correto??? Mas aí, quem é que quer brincar com você de novo???
A mudança de regras no meio de um concurso é, talvez, antiética, incorreta e desleal e porque não dizer, ilegal. Por isso mesmo, concursos são auditados, avaliados e tem um catatau de regras escritas em letras ínfimas, mas que contemplam toda e qualquer possibilidade de "situações desleais", para que todos possam estar em pé de igualdade. Não conheço as regras em si, não conheço a lei que rege os concursos, só acho que não deve ser assim, concordam?
As artesãs prejudicadas pela mudança tinham o sonho de ganhar um prêmio extremamente interessante. Não é todo dia que você pode destinar parte de seu R$ pra realizar seu sonho de ter o equipamento de trabalho novinho e material de qualidade para trabalhar. Ganhar esses prêmios? Perfeito! Participar de um concurso fazendo o que AMO, melhor ainda! Só precisar da ajuda dos amigos para ter maiores chances de ganhar? Parece sonho! Então... Infelizmente, estava na hora de acordar!!!!

Venho desabafar, sem advogar em causa de ninguém. Somente porque eu amo o artesanato!

Beijocas mil!

14 de set de 2012

Você não joga no Facebook e quer se livrar dos convites de jogos??? Leia aqui...


Engraçadas as coisas que eu vejo no Facebook.

Ele é uma rede social com inúmeros recursos. Você pode publicar fotos, vídeos, usar aplicativos para divulgação e venda de produtos, e você pode jogar... São inúmeros os jogos e são inúmeras as pessoas que gostam de jogar...

Eu sou uma dessas pessoas. No meu tempo livre, jogo mesmo...
Jogo com minha mãe, com minhas irmãs que estão longe de mim e isso faz com que a gente se divirta.

Se você não quer receber os meus convites para jogos porque você não gosta de jogar, ou porque não gosta daquele jogo em questão, é muito simples...
Da mesma maneira que o Facebook nos permite convidar os amigos para jogar, ele também permite que quem não quer receber esses convites, os bloqueie totalmente...
É simples, fácil e rápido, mas ninguém olha lá na AJUDA pra ver como faz..
E sabe o que é ainda mais engraçado? Tá todo mundo "cansado" de ser convidado pros jogos e não querer, mas alguém aí se pergunta o quanto é um saco pra quem joga ver as pessoas publicando "Essa pessoa aqui ao lado NÃO quer receber convite para FARMVILLE, CITYVILLE ou PIIIIIIIVILLE"???


Pra que eu não fique de saco cheio vendo as pessoas que colocam essas fotinhos, muitas vezes de caráter ou gosto duvidoso, resolvi explicar como faz pra que você NÃO precise mais ver os meus convites de jogo...

A página do Facebook aí embaixo é minha...
O que você precisa fazer é clicar em Notificações, ou seja, o Globo Terrestre que tem no cabeçalho azul.
Ali vão aparecer as últimas notificações que você recebeu, inclusive os convites para os tão indesejados joguinhos.


Se você passar o mouse pelo canto direito de cada uma das notificações, vai perceber que aparece um "x".

Esse "x" é exatamente a opção que você tem de desativar qualquer notificação que você não queira mais ver ou tomar conhecimento.
Se você clicar no "x" aparecerá a opção abaixo:


É só clicar em DESATIVAR e todo e qualquer convite relacionado aquele jogo será automaticamente desabilitado e você não receberá mais qualquer notificação do mesmo.

Não é ótimo, fácil e rápido??? Assim quem joga pode jogar à vontade e, quem não joga, passa a não receber mais os convites para os jogos.

É claro que, a cada novo jogo lançado no Facebook, você está correndo o risco de receber uma avalanche de convites. Ainda mais se o jogo for legal e cair no gosto popular... Então, é só fazer o mesmo procedimento acima e ser feliz!!!

Beijocas mil!






3 de jun de 2012

Sumidinha + Projeto nas agulhas

Andei mesmo meio sumida, sem muita vontade de falar sobre mim... O bom é que não estou parada...
Dei um tempinho nos bordados porque o braço resolveu reclamar e, como ele aceita bem outras agulhas, troquei para o tricô...

Fiz luvinhas sem dedos e uma boina linda para levar na viagem, na semana que vem... Depois publico as fotos, junto com o novo casaquinho para o Gabriel.

Atualmente nas agulhas está uma blusa linda, roxa, que está sendo um desafio em sua confecção. Nunca tinha usado o método de colocar pontos na agulha com a agulha de crochê e nunca fiz um projeto com um decote como esse...



Receita: Amused - Ravelry - Knitty
   
Fio: Mollet - Círculo 
Agulha: 5mm - circular

3 de mai de 2012

Muffin de Maçã, Aveia e Chocolate

Sabe esses dias (em que horas dizem nada?) em que você tem alguns ingredientes sobrando e a vontade de comer alguma coisa diferente?
Aqui em casa, eu tinha maçãs Fuji (das quais eu não gosto muito) e aveia em flocos.
Pensei em fazer um bolo de maçã que fica ótimo, mas queria também usar a aveia. Uma consultinha ao Dr. Google (ainda não tinha recebido meu livrão D. Benta!) e voilá! Uma receitinha fácil, com os dois ingredientes e MUITO gostosa!
Fiquei pensando então nas mães que, às vezes, precisam "camuflar" os ingredientes saudáveis na dieta das crianças e esse bolinho vem a calhar. O sabor do chocolate se sobressai, você nem percebe a aveia e deve ser  bem simples colocar outras frutas no meio, desde que elas não soltem muita água.

Vamos à receita!

Muffins de Maçã, Aveia e Chocolate


Ingredientes:
1 xícara (chá) de açúcar
meia xícara (chá) de óleo
2 ovos
1 xícara (chá) de farinha de trigo
meia xícara (chá) de aveia em flocos
meia xícara (chá) de chocolate em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio (ou fermento em pó)
2 maçãs sem casca, cortadas em cubos pequenos
meia xícara (chá) de uvas-passas sem sementes
manteiga ou margarina para untar
farinha de trigo para polvilhar

Modo de Preparo: 
Em uma batedeira, bata o açúcar com o óleo e os ovos até obter um creme de cor clara. Adicione, a farinha, a Aveia, o Chocolate, o bicarbonato e mexa até obter uma massa homogênea. Adicione os cubos de maçã, as passas e misture bem. Coloque a massa em formas grandes para empada, untadas e polvilhadas e leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 30 minutos ou até que a massa esteja assada. Retire do forno e desenforme ainda quente.

Vamos às dicas:

  1. As medidas acima rendem 24 bolinhos. Uso as medidas padrão, conforme já falei aqui. Minha "xícara" medida é aquela de vidro da marinex, normalmente maior do que uma xícara de chá de tomar chá!
  2. Eu uso forminhas para cupcake, dentro da forma de alumínio. Isso facilita na hora de desenformar, comer e principalmente, limpar!
  3. Encha as forminhas deixando mais ou menos um dedo da borda, ou 3/4. Assim, o bolinho tem espaço pra crescer mas não ultrapassa a borda da cavidade, fazendo a maior sujeira na forma e queimando a borda.
  4. Eu usei fermento em pó e o bolinho cresceu como um bolo normal. Ficou excelente! Não fiz com o bicarbonato, então não sei o quanto cresceria.
  5. Como as maçãs têm que ser cortadas em pedaços pequenos (assim cabe mais de um em cada bolinho), espremi o suco de 1 laranja pera para que não ficassem oxidadas. Depois, juntei tudo na massa, com o suco da laranja.





Aqui você vê o quanto de massa eu coloquei em cada forminha. Essa primeira, que está mais cheia, fez a besteirinha que eu citei acima!




As maçãs podem ficar assim, meio para fora da massa, que vai crescer e envolvê-las. Se a sua maçã for Fuji, como a minha, ela tem mais água do que as demais, então bolinhos com mais maçã serão bolinhos mais molhados no meio.
Eu usei uvas passas escuras sem semente porque eu gosto muito de uvas passas. Há quem não goste, ou goste das claras. Se elas estiverem muito secas, você pode juntar nas maçãs com o caldo de laranja e elas hidratam um pouquinho. Se não gosta, não põe! Simples assim!



Olha o último bolinho na direita, abaixo. Ele é o bolinho em close acima. As maçãs ficaram tapadas pela massa, mas dá pra perceber que ele está mais macio que os demais, que ficam com uma casquinha crocante. Se você tiver paciência, distribua as maçãs de maneira uniforme e todos os bolinhos ficarão crocantes por cima.



Faça e delicie-se nesse friozinho, com um chá de maçã com canela bem quentinho... Ou com uma xícara de chocolate quente... Huuummmm!
Aqui foi mais do que aprovado!

2 de mai de 2012

Casaquinho de Tricô para o Gabriel, o gorducho da Tia!



O friozinho me fez querer pegar as agulhas de novo e agora, o projeto é um casaquinho para o Gabriel!
Estou aqui, separando as receitas, verificando as medidas, porque o rapaz está muito fofo e enorme! Um bebezão mesmo!

Acredito que a receita escolhida seja essa aqui: Joy's Baby Cardigan.
A escolha foi influenciada pelo fato da receita não ter costuras e o casaquinho ser tricotado de cima pra baixo (top-down), com mangas raglã, detalhes que tornam a execução mais rápida e um casaquinho mais fácil de vestir em um bebê.
Terei de aumentar as medidas, proporcionalmente, depois de ter feito a amostra com a lã e essa ter ficado menor do que a amostra indicada pela receita. Iniciarei o trabalho com 64 pontos ao invés dos 47 sugeridos pela receita. Também farei o ponto de barra 2/2, porque acho que fica mais bonito que a barra 1/1.

Assim que tiver mais fotos, posto aqui! Um beijinho gelado pra vocês!
Essa foto foi tirada com o XOOM e carregada via Blogger para celular. Péssima, né?


Mais um pedacinho - Gostando muito do resultado, super fofinho!!!!



Receita: Joy's Baby Cardigan - Ravelry
Fio: Bebê Comfort - Cisne
Agulhas: 3,5 e 4mm


3 de abr de 2012

Cantinho do Café - Projeto Coffeehouse Favorites

Quem aí não gosta de café?
Eu sou uma apaixonada e declarada amante de um bom cafezinho...
Quem me conhece sabe que eu não vivo sem uma boa xícara de café quentinho de manhã (ou melhor, um "balde" de café). É humanamente impossível, minha vida não começa sem café preto, pão e manteiga (que também pode ser torrada com manteiga, bisnaguinha com manteiga, bolo com manteiga - porque eu também não vivo sem manteiga).

Justamente porque eu AMO café, incondicionalmente, é que eu ganhei do super marido uma cafeteira Nespresso. Não uma qualquer, mas uma Citiz&Milk vermelha, divinamente linda e maravilhosa, que já traz o Aeroccino para fazer a espuminha do leite!!!!  huuuum

Quando mudamos para a casa nova, montamos aqui na sala de jantar, um cantinho para o café, entre minhas cristaleiras. Mas a parede que sobrou no meio estava muito vazia, então minha cabeça começou a trabalhar em idéias para o espaço...
Numa "faxina" no computador, me deparei com gráficos de ponto cruz que eu nem me lembrava que existiam e entre eles, uma revista linda: "Coffeehouse Favorites". Com esse nome super sugestivo e como estou numa fase bordadeira/costureira, é claro que quis usar as xícaras de diferentes cafezinhos para criar um panô de Patchwork para colocar em minha parede. Até porque, todos eles podem ser preparados com a ajuda da Nespresso linda e maravilhosa!


Comecei a bordar as xícaras e fiquei extremamente apaixonada por elas!
Para que coubessem no espaço que eu tenho, resolvi bordá-las com micro-etamine, ou etamina Aida 14.  


Depois de todas as xícaras bordadas, resolvi colocar um "cabeçalho" sobre elas, com o nome do projeto. Criei o gráfico com o programa PCStitch, que transforma qualquer tipo de imagem em um gráfico de ponto cruz.

Essa são todas as partes já bordadas. Os tecidos para o panô já estão separados e hoje começo a saga de montá-lo. Fazer com que o projeto caiba no espaço que eu tenho, com os detalhes que quero colocar está sendo um desafio. Não sei se dará certo, por isso, rumo às réguas, medidas, lápis, papel e calculadora!!!



NOTA: Na primeira foto dá pra ver dois coadjuvantes: O Coadjuvante 1 é o meu super guarda chuva arco íris, que parece de dançar frevo, mas que é magnífico e todos querem saber de onde veio! Presente da irmã do meio.
O Coadjuvante 2 é a "raquete" de matar mosquito, que descobrimos ser extremamente desnecessária aqui nessa casa nova! Ainda bem!


28 de mar de 2012

Problemas de caráter informático...

Olá a todos!
Andava já há algum tempo com problemas de ordem técnica no meu computador. Agora foi a hora de parar pra consertar e o queridinho ainda está sendo cuidado...

Volto assim que der e que ele permitir...

Beijocas!

23 de mar de 2012

Bordado sobre fios contados... AMOR pelo Ponto Cruz!


Eu sempre fui muito curiosa, sempre quis fazer alguma coisa, nunca gostei de ficar parada.
Venho de uma família de exímias costureiras, minha vó trabalhou com alfaiataria, minhas tias e minha mãe costuram lindamente.

Quando pequena, vivia atrás de minhas avós, Geta (de mãe) e Nica (de pai) a atormentá-las por me arrumarem o que fazer.
Aprendi crochê, tricô, costura pras bonecas e BORDADO! Bordei correntinha, bordei ponto cheio, ponto atrás e todos os outros que as vovós fazem e nos encantam (pelo menos a mim) e ponto cruz. Uma pena que não continuei bordando e acabei por esquecer a grande maioria de pontos livres.

Ponto Cruz aprendi com 9 anos de idade, então não tenho meu primeiro trabalho fotografado. Era uma rosinha, lembro que me senti toda importante porque bordaria com 4 cores de linhas diferentes, praticamente uma profissional! (E pensar que já fiz trabalhos usando 65 cores diferentes!)

Há tempos atrás bodei meu enxoval. Já se vão 11 anos de casada, algumas peças nem tenho mais. Agora não dá gosto fotografá-las, já foram muito usadas e estão bem desbotadas (porque se tem uma coisa que eu faço é usar TUDO o que tenho).
Penso em renovar o meu enxoval, bordando praticamente tudo de novo!

Não era assim tão simples fotografar antes da invenção da máquina digital, não é mesmo? Filmes eram caros, revelação, mais ainda! Com a chegada da minha máquina em 2003 comecei a retratar tudo o que eu fazia. Uma maravilha! Tudo arquivado!

O problema é lembrar de fotografar aquilo que a gente cria e produz! Estou me policiando pra isso, para ter um Antes e Depois, um Passo a Passo, ou pelo menos um Início e Fim de um trabalho.

Aqui tenho uma amostrinha de trabalhos de 2004. Presentes de Natal para minhas queridas amigas Luciana, Carina e Fabiana. Espero que gostem!


22 de mar de 2012

Feliz Páscoa

Aqui no Brasil não existe o costume de se enfeitar a casa porque é Primavera ou Outono, ou ainda porque é Dia dos Namorados ou Páscoa. Pelo menos a minha família nunca teve esse hábito.

Eu adoro decorar a minha casa para o Natal, por exemplo. A cada ano faço eu mesma algum tipo de enfeite novo para a casa e dou uma cara feliz para os que já existem. Isso me faz sentir em um verdadeiro lar, a casa fica aconchegante e cheia de história pra contar.

Quando a gente desmonta e guarda tudo, dá uma sensação incrível de vazio.
A casa fica como que "pelada". Por isso mesmo resolvi que pelo menos farei um enfeitezinho para a minha porta de entrada, para cada data comemorativa.

Logo que passou o Carnaval (porque o ala-la-ô passamos na praia), já me aventurei em um panô para a porta. Numa dessas andanças pela internet, eu e mãe, que ainda estava aqui comigo, achamos um panô com um coelhinho escondidinho que era a coisa mais cute do mundo! (Mil perdões, esqueci de anotar a fonte de inspiração, isso é IMPERDOÁVEL!)
Separamos os tecidinhos, riscamos o coelho no termocolante e aos poucos ele foi tomando forma.
O aplique foi feito em minha Janome 3160QDC (a maravilinda!) e acho que ficou um charme! Treinando bastante, o acabamento da máquina fica muito legal e é mais resistente às lavagens que o acabamento à mão, além de ser muito mais rápido. No panô, poderia ter caseado à mão, mas o segundo ponto, a velocidade do trabalho, me fez escolher a máquina.

Reparem a colcha de crochê que fica na cama do meu cantinho craft!
Feita pela Vó Júlia, uma avó emprestada que já mora no céu das avós!

"Quiltei e bordei" as faixinhas com a máquina usando linha Sylko e alguns pontinhos de bordado mesmo. Os olhinhos foram bordados à mão com ponto cheio e os bigodinhos e sobrancelhas com ponto atrás. O "Feliz Páscoa" foi bordado com ponto correntinha. (Eu adoro esses pontinhos de vovó!)

Olhem esses olhinhos, que meiguice!
Preguei os botões, fechei e preguei os ovinhos com fio de rami e um lacinho! Usei uma cenourinha como ponto de exclamação, que deu um toque super charmoso.
Penduradinha na porta do nosso apartamento, lindinha demais. Meu vizinho fofo, o Levi, de 2 anos e meio, passa por ela e canta "Coelhinho da Páscoa, o que trazes pra mim? Um ovo, dois ovos, três ovos, quatro ovos..." e daqui de dentro eu me sinto feliz!

Uma Feliz Páscoa pra vocês também!

(Essas fotos foram tiradas com meu tablet. O nome disso é preguiça. O bichinho tira a foto e já a compartilha, por isso a qualidade das mesmas não está lá essa Brastemp... Prometo usar a máquina nas próximas...)


O tempo que passa muuuuuuito rápido!


Estive ausente... Não sei porque, às vezes acho que é porque estou aqui falando sozinha.
Como diria uma amiga lindamente querida: "estamos falando com as paredes"...

O importante é que agora, eu falo com as paredes da casa nova!
Nos mudamos há quase 4 meses. A casa já está funcionando perfeitamente, já temos móveis onde não tínhamos, já estreamos nossa churrasqueira, já praticamente nos adaptamos a nossos novos espaços, barulhos e vizinhos... (Esse último item merece um tópico à parte!)


Gabriel já nasceu e está muito forte e lindo, para o orgulho da Tia babona aqui. Já se passou o Natal e já passamos para o ano de 2012, que começou ao mesmo tempo atribulado e cheio de coisas boas.
Já se passou também o meu aniversário e ele foi comemorado em companhia de pessoas muito especiais, tanto aqui em casa, como na casa da mãe e da irmã, como virtualmente falando.




Já tenho muitos projetos novos para a casa nova.
Andei visitando infinitos blogs de decoração, um verdadeiro banquete para os olhos e para o coração. Quem são essas almas lindas que compartilham um pouquinho de suas vidas com todo mundo, né'não??? Fofas!

Quero mudanças no meu quarto, na sala, na cozinha e na varanda. Estou listando tudo o que eu preciso para colocá-las em prática e aos poucos vou deixando tudo com a minha cara. O que dá pra adiantar é que eu voltei a BORDAR PONTO CRUZ!

Tirando os projetinhos para os bebês da família, há teeempos não bordava nada para mim ou para a minha casa. Estou com as agulhas em polvorosa, fumaceando!

Muitas coisas por vir e a empolgação é tanta que resolvi me inscrever em foruns de ponto cruz na Internet. (Isso também é papo para outro post.)


O importante é que, na medida do possível, vou tentar não mais me afastar daqui. As idéias existem, os pensamentos também e a vontade de escrever... nem sempre... Mas o mais importante é que nem sempre eu preciso escrever para ser lida ou "ouvida", posso escrever somente para mim... Se alguém chegar até aqui e quiser usar seu tempo para ler o meu conteúdo, é lucro e será mais do que bem vindo!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...